Maioria das mortes por coronavírus no Tocantins é de homens, mesmo com mais mulheres infectadas


Especialista afirma que percentual segue tendência mundial e que motivo para maior mortalidade entre os homens é desconhecido. Mulheres são maioria entre os infectados pelo coronavírus no Tocantins
A maioria das mortes causadas pelo novo coronavírus no Tocantins é de homens. Desde o começo da pandemia foram registrada 593 mortes no estado, sendo que 395 vítimas eram homens (66.61%) e 198 mulheres (33.39%). O número chama ainda mais atenção levanto em consideração há mais mulheres do que homens com diagnóstico da doença.
Segundo a Secretaria de Estado da Saúde são 23.490 casos de pessoas do sexo feminino com a doença e 20.783 homens. Em termos percentual, elas representam 53.06% do total de infectados e eles 46.94%.
Para o médico José Geraldo o Tocantins está dentro dos mesmos parâmetros observados em outros países. “Segue um padrão internacional de razão ainda pouco conhecida, ou até mesmo desconhecida, de mortes ou quadros mais graves, mas principalmente mortes, se concentrando no sexo masculino”, explica.
O médico afirma ainda que há pesquisas em andamento para desvendar os motivos da diferença, mas os resultados ainda são inconclusivos.
No Tocantins, a faixa etária que menos resistiu a doença é a dos idosos, com mais de 160 vítimas tendo 80 anos ou mais. A maioria dos casos, entretanto, é de pessoas entre 30 e 39 anos, com mais de 10,8 mil casos registrados nesta faixa.
Maioria das mortes por coronavírus no Tocantins é de homens
Reprodução/TV Anhanguera
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.