Moradores dizem que parte de árvore foi arrancada e fios elétricos derrubados durante obras em Palmas


Problemas foram registrados na Arne 64, antiga quadra 508 Norte, onde prefeitura faz drenagem e pavimentação asfáltica. Comunidade diz que calçadas foram arrancadas por máquinas. Moradores da Arne 64 reclamam dos transtornos gerados por obras
Parte de uma árvore arrancada, fiação de energia elétrica derrubada e calçadas retiradas. Esses são alguns dos problemas apontados pelos moradores da Arne 64, a antiga quadra 508 Norte. O local está passando por obras de pavimentação asfáltica. As melhorias finalmente chegaram para a alegria da comunidade, mas os moradores dizem que os transtornos estão exagerados.
Em uma das ruas da quadra, a obra acabou destruindo o que os moradores não queriam. O pé de manga tinha uma copa muito maior, metade dos galhos foi podada por uma máquina.
“O pessoal da obra veio com uma retroescavadeira para tirar a árvore, que segundo relato deles, estava atrapalhando a obra. Simplesmente, pegaram o braço da retroescavadeira e derrubou a árvore de forma brusca. Na hora, fiquei muito assustado porque quebrou os fios do vizinho, vizinho ficou sem energia e sem internet”, relatou o psicólogo Tássio de Oliveira.
Os galhos foram parar do outro lado da rua e quebraram o pedaço do muro de uma casa vizinha. O poste da residência precisou ser trocado.
Parte de mangueira é arrancada durante obra em Palmas
Reprodução/TV Anhanguera
Até que o conserto fosse feito, algumas casas da rua ficaram sem energia. O psicólogo conta que o trincado no muro da casa onde ele mora apareceu depois desse episódio. E agora ele está preocupado com a estrutura.
“Fiquei muito assustado também porque a árvore cresce com a proporção para se manter em pé. E a gente perdeu 50% da árvore e os outros 50% estão para dentro da casa. A árvore pode vir a cair”, disse.
Toda obra tem seus transtornos, mas para os moradores essa está exagerando. A rua é estreita e para deixar mais larga, parte das calçadas está sendo arrancada.
Professor prepara terra e improvisa rampa para entrar com carro, após calçada ser arrancada durante obra
Reprodução/TV Anhanguera
“É uma obra que está trazendo um benefício, mas tinha como ser um pouquinho mais cautelosa com as coisas. Às vezes a gente não sabe nem o que vai acontecer. Quando eu vejo os tratores passando, a gente tira o carro. Tanto é que agora, para voltar o carro para dentro de casa, estou tendo que preparar a rampa, senão eu não consigo botar meu carro para dentro”, disse o professor Polaco Alves.
Em nota, a Prefeitura de Palmas disse que a Arne 64 está recebendo obras de drenagem e asfalto e que possui licença ambiental, a qual permite que árvores ou qualquer outra coisa que esteja no traçado da obra, sejam retiradas. Sobre as calçadas, a informação é que estão previstas estruturas com acessibilidade após a conclusão do serviço.
Outros transtornos
As obras de pavimentação asfáltica no setor Taquari, região sul de Palmas, também tem preocupado os moradores. É que, segundo eles, o maquinário pesado está causando problemas estruturais nas casas. Algumas ficaram destelhadas e com rachaduras no teto e nas paredes.
Os prejuízos maiores foram na rua 18, na quadra T-31. Pelo menos quatro casas tiveram algum dano. Entre elas, a do segurança Izaias Rodrigues. “Foi meu telhado, minhas telhas que caíram e quebraram. Meu forro ficou todo estragado e a parede, que deu uma rachada”.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.