Agentes prisionais da CPP de Palmas testam positivo para coronavírus


Administração do sistema prisional disse que não haverá prejuízo para as atividades. Se houver falta de funcionários, podem ser convocados plantões extraordinários. Casos são na Casa de Prisão Provisória de Palmas
Reprodução/TV Anhanguera
Pelo menos cinco agentes prisionais que trabalham na Casa de Prisão Provisória de Palmas testaram positivo para o novo coronavírus nesta sexta-feira (14). Os casos foram confirmados pela administração do sistema prisional neste sábado (15). O presídio é o mesmo em que mais de 40 detentos foram diagnosticados com a doença no começo do mês.
A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) foi questionada pelo G1 sobre quantos servidores ao todo estão com a doença e quantos deles ainda apresentam sintomas, mas não enviou resposta aos questionamentos.
Em nota, a Seciju disse que não haverá nenhum prejuízo nas atividades das unidades prisionais porque há previsão legal para a convocação de plantões extraordinários caso haja falta de servidores durante a pandemia. O número total de detentos que estão infectados com o vírus também não foi informado.
A Seciju diz que possui um plano de ação e prevenção de combate ao coronavírus dentro do Sistema Penal. Entre as medidas que a pasta diz ter colocado em prática estão ações de higienização, limpezas e sanitização, uso obrigatório de máscaras, testes rápidos, suplementação alimentar, operação Lockdown, monitoramento, apoio psicológico e acompanhamento médico a servidores e custodiados.
As visitas de familiares e advogados aos presos estão suspensas desde março. Foi criado um projeto para que eles tivessem contato através de telefonemas em horários agendados. Mesmo assim, houve confirmações de casos da Covid-19 em presídios de pelo menos quatro cidades. Palmas, Gurupi, Guaraí e Augustinópolis.
Em Araguaína houve casos entre os funcionários do presídio Barra da Grota, mas na época o estado negou que detentos tivessem sido infectados. Uma das vítimas da doença no Tocantins foi o agente de execução penal Donizete Pereira da Costa, de 58 anos.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.