Casal suspeito de matar trans carbonizada teria ido a motel após o crime

O casal suspeito de matar a trans Vick Santos, de 22 anos, teria ido a um motel na noite do crime. Após ser detido, o pai de santo Douglas José Gonçalves confessou o homicídio e deu detalhes do ocorrido. A esposa dele, Natasha Oliveira, também permanece presa. Ambos teriam passado cerca de 8 horas no quarto de motel, enquanto o corpo carbonizado da vítima era achado na beira de uma estrada.

A defesa de Natasha chegou a pedir um habeas corpus, mas o recurso foi negado pela Justiça. Na madrugada em que ocorreu o crime, o motel registrou a entrada dos suspeitos às 5h14 com saída 13h.

O corpo de Vick Santos foi encontrado sem documentos, carbonizado e com marcas de enforcamento.

De acordo com o depoimento de Douglas, o crime teria ocorrido em uma chácara, na zona norte de Sorocaba, onde também funcionava um terreiro. O suspeito afirmou que matou a vítima durante uma briga. A motivação da discussão seria uma desavença por causa de dívidas. Douglas afirmou que Vick foi até a chácara e ameaçou ele.

Na sequência, o homem teria enrolado um lençol no pescoço da vítima e a enforcado. Algumas horas depois, ele se dirigiu até uma pousada onde Natasha estava e contou sobre o ocorrido. De acordo com as investigações da polícia, Natasha é suspeita de operar um esquema com  mulheres trans e travestis em uma pensão de um bairro nobre, onde Vick também foi moradora.

Para ocultar o crime, Douglas colocou o corpo em um carro e deixou na área rural de Itu-SP. Em seguida, foi ateado fogo com a intenção de despistar a investigação. O corpo foi encontrada carbonizada no dia 28 de maio. O laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que a vítima também foi estrangulada.

Leia matéria na íntegra no Site Portal de Brasília

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.