Agricultor que vive em barracão de palha recebe ajuda para construir casa: ‘vou realizar um sonho’


Jovens da Associação Missão de Amor se uniram para arrecadar dinheiro e materiais de construção. Barracão onde mora Alberto dos Reis não tem estrutura. Voluntários vão construir casa para morador que vive em situação precária em Palmas
O agricultor Alberto dos Reis, de 57 anos, vive sozinho em um humilde barracão de palha e sem estrutura, no setor São João, na zona rural de Palmas. Mas o sonho de viver em um lugar melhor está perto de se realizar. Um grupo de jovens se solidarizou e resolveu contribuir com materiais de construção. O objetivo é ajudá-lo a fazer uma casa.
O barracão onde ele vive é simples. Tem três cômodos e alguns móveis velhos. O fogão foi feito com tijolos e na prateleira não há muitos alimentos para o consumo. No local, não tem energia instalada e a pouca água que ele consome, vem de um poço aberto no quintal.
O agricultor não tem renda fixa. Ele é diabético e hipertenso. Antes da pandemia do novo coronavírus, Alberto saía para trabalhar. Mas, está tendo que ficar em casa, já que faz parte do grupo de risco e passou a viver de doações.
Uma vida de solidão, mas cheia de gratidão. “Muito satisfeito, agradeço muito eles de poder me ajudar. Eles estão vendo minha situação, então agradeço muito”.
Jovens se juntam para construir casa de idoso em Palmas
Reprodução/TV Anhanguera
Os jovens que vão contribuir para melhorar o dia a dia do agricultor fazem parte da Associação Missão de Amor. Eles arrecadam e entregam alimentos para famílias carentes, neste período de crise.
Foi durante essas distribuições que eles conheceram Alberto. “Ele me chamou no canto e me pediu um pouco de areia, quatro metros de areia porque ele precisava subir o barraquinho dele. E nessa situação aqui, já desenrolei, chamei um, outro para ver como a gente poderia puxar essa areia para ele. Mas quando eu voltei para casa, veio na minha mente, como ele iria subir o barraquinho só com quatro metros. Então perguntei para outras pessoas da comunidade, o que faltaria para que a casa pudesse ser erguida. E me deparei com uma realidade um pouco diferente, que na verdade, ele tinha muito pouco, tinha poucos sacos de cimento, pouca areia, mas com uma vontade enorme de sair do barraco de palha”, relatou o presidente da associação Fernando César Amaral.
A ideia é levantar a nova casa em um terreno que fica em frente ao barraco, onde ele vive há quatro anos. Segundo Fernando, um arquiteto voluntário já esteve no local para elaborar o projeto de edificação.
Agora, é arrecadar os materiais para iniciar a tão sonhada obra. “Estamos recebendo doações em dinheiro, fizemos também uma vaquinha online onde estamos com esse propósito específico e também recebemos doações de materiais de construção de modo avulso, bem como a mobília da sua casa. Então, a gente pretende não só levantar a casa, mas a gente pretende também mobiliá-la e deixá-lo com condições de vida, para que ele possa viver bem”, disse o presidente da associação.
A iniciativa devolveu ao agricultor a esperança de morar em uma casa de verdade. “Um pouco de sossego, e vou realizar um sonho que eu nunca tive na minha vida, estou realizando”.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.