Começa campanha de vacinação contra a febre aftosa na ilha do Bananal


Por causa dos transtornos comuns no período de chuvas, rebanho que fica dentro da ilha é vacinado em época diferente do restante do estado. Campanha segue até o fim setembro. Campanha de vacinação contra febre aftosa começou na ilha do Bananal
Lenito Abreu/Ascom Adapec
Começou neste sábado (1º) a campanha de vacinação contra a febre aftosa em bovinos na ilha do Bananal. O local é a maior ilha fluvial do mundo e tem a campanha em período diferente do restante das propriedades rurais do estado por causa do período de chuvas intensas que alagam parte das estradas anualmente.
A ilha faz divisa com as cidades de Formoso do Araguaia, Sandolândia, Lagoa da Confusão, Araguaçu, Cristalândia, Dueré, Caseara e Pium, todas no sul e sudoeste do Tocantins. Este ano a meta é imunizar aproximadamente 100 mil cabeças de gado em 344 retiros. A campanha segue até o dia 30 de setembro.
Segundo a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), em 2019 foram vacinados 116.796 animais na ilha. Mais de 90% das imunizações foram feitas pelos técnicos da Adapec, mas a agência contra com o apoio das equipes da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) e do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea) em áreas que são mais facilmente acessadas a partir dos territórios destes estados.
Parte dos retiros fica dentro das reservas indígenas que estão espalhadas pela ilha e por isso o cuidado deve ser reforçado, já que a população indígena é considerada mais vulnerável ao novo coronavírus. No restante do estado, os animais são vacinados em duas campanhas anuais, nos meses de maio e novembro.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.