Servidor da Prefeitura de Palmas morre após complicações da Covid-19


Josivan Barbosa Soares trabalhava na Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses (UVCZ) e morreu aos 38 anos. Josivan Barbosa Soares morreu aos 38 anos após diagnóstico da Covid-19
Arquivo pessoal
O servidor da Prefeitura de Palmas, Josivan Barbosa Soares de 38 anos, morreu nesta quarta-feira (29) vítima do novo coronavírus. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, ele estava internado no Hospital Geral de Palmas (HGP) e teve complicações pulmonares provocadas pela doença.
Josivan era agente de combate às endemias da Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses (UVCZ). Os colegas de trabalho contam que entre as tarefas dele estava visitar casas de moradores para capturar cães com leishmaniose, doença conhecida como calazar.
Segundo a Secretaria, o quadro de saúde do funcionário se agravou rapidamente. A Secretaria de Saúde e amigos do paciente lamentaram a morte e fizeram homenagens nas redes sociais.
Por causa da morte, a UVCZ está em luto e não deve funcionar nesta quinta-feira (30).
De acordo com o último boletim epidemiológico que divulga os dados da Covid-19 no Tocantins, Palmas é a segunda cidade mais afetada pela doença no estado. A capital soma 4.963 confirmações e 36 mortes. Só nesta quarta-feira (29) foram registrados 140 novos diagnósticos.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.