Eleição para prefeitura de Araguanã é marcada para o dia 2 de agosto


Chapa eleita toma posse logo após a votação e fica no cargo até 31 de dezembro. Eleição indireta foi convocada após o prefeito e o presidente da câmara morrerem recentemente. Eleição indireta vai escolher novo prefeito de Araguanã
Reprodução/TV Anhanguera
Está marcada para o próximo dia 2 de agosto a votação para escolha do prefeito e vice-prefeito de Araguanã, na região norte do estado. A eleição será feita de forma indireta pelos vereadores da cidade. O edital com as regras e calendário eleitoral foi publicado nesta sexta-feira (17).
Os procedimentos que serão seguidos nesta eleição foram definidos pela própria Câmara de Vereadores. A chapa eleita terá um mandato-tampão até 31 de dezembro. O calendário estabelecido prevê que os interessados em correr aos cargos têm até o dia 25 de julho para registrar a candidatura.
Pode concorrer qualquer cidadão brasileiro alfabetizado que tenha acima de 21 anos e esteja em pleno exercício dos direitos políticos, além de ser morador da cidade. Também é preciso ser filiado a um partido político e ter um título de eleitor válido.
A votação está prevista para 9h do dia 2 de agosto, na própria Câmara dos Vereadores de Araguanã. A chapa eleita tomará posse logo após a eleição em uma sessão solene. Os eleitos permanecem nos cargos até o fim do ano.
Entenda
Araguanã fica às margens do Rio Araguaia, no norte do Tocantins, e tem aproximadamente 6 mil habitantes. A cidade passa por uma situação triste e inédita no estado com renúncia do prefeito eleito, e as mortes do vice-prefeito e do presidente da Câmara.
O prefeito eleito em outubro de 2016, Fernando Luiz dos Santos (PSD), tomou posse no dia 1º de janeiro de 2017 e renunciou em dezembro do mesmo ano, informando problemas pessoais. O então vice-prefeito, Hernandes Neves de Brito (DEM), seguiu à frente da gestão municipal, mas contraiu a Covid-19 e morreu no último sábado (11).
Durante o afastamento de Hernandes Neves para tratamento de saúde, o então presidente da Câmara de Vereadores, Cícero Cruz de Araújo (PSD), assumiu como prefeito interino. Só que ele morreu após sofrer um infarto fulminante na saída de um restaurante em Araguaína, no dia 26 de junho.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.