Professora que confessou estupro de aluno de 13 anos morre vítima de câncer

A história da professora Mary Kay Letourneau e do aluno Vili Fualaau abalou os Estados Unidos. Em 1997, a mulher lecionava em Seattle-EUA, quando teria se envolvido com o aluno, que na época tinha 13 anos. Nessa segunda-feira (6), Mary veio a óbito em decorrência de uma câncer. 

Quando o relacionamento começou, Mary estava com 34 anos, era casada e tinha dois filhos. Após ser questionada por autoridades, ela confessou ter abusado sexualmente de Vili. A mulher havia engravidado do adolescente e passou sete anos presa. Nesse período, ela deu à luz a primeira filha que teve com Vili.

Em 2004, após ser solta, Mary e Vili se oficializaram a união em uma cerimônia para 250 convidados. Eles tiveram duas filhas: Audrey, de 21 anos, e Georgia, de 20, nascida em penitenciária. Em 2017, eles anunciaram o divórcio.

Foto: Reprodução

Durante os seus últimos momentos, Mary Kay ficou acompanhada de Vili 24 horas por dia. A história inspirou a criação de um livro, além de um filme para a televisão dos EUA.

Foto: Reprodução/Facebook

Leia matéria na íntegra no Site Portal de Brasília

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.