Prefeita de Palmas diz que pode decretar toque de recolher e proibir consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos


Cinthia Ribeiro (PSDB) avaliou os impactos da flexibilização do comércio e disse que não descarta a possibilidade de novo fechamento. Prefeita fala sobre as medidas de prevenção contra o coronavírus em Palmas
A prefeita de Palmas Cinthia Ribeiro (PSDB) afirmou nesta quinta-feira (25) que pode decretar toque de recolher e restringir o consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos da cidade. As medidas são para prevenir novos casos de coronavírus. Em entrevista à TV Anhanguera ela avaliou os impactos da flexibilização do comércio e disse ainda que não descarta a possibilidade de novo fechamento caso os números da Covid-19 na capital aumentem. (Veja o vídeo)
O comércio voltou a funcionar no último dia 8 de junho. A prefeita disse está discutindo medidas mais rígidas. Segundo ela, a ideia é que nos próximos dias todo o comércio tenha um horário para encerrar as atividades.
“Estamos em discussão se nós caminhamos, caso seja necessário, para um fechamento gradual ou se colocamos isso para todos os seguimentos da sociedade. Na nossa opinião, avaliando todos os critérios de recomendação até agora, chegamos à ideia da necessidade da cidade ter um horário de parar”, disse.
Cinthia Ribeiro durante entrevista à TV Anhanguera
Edu Fortes/Prefeitura de Palmas/Divulgação
Cinthia Ribeiro diz que com a restrição haverá unificação e o trabalho de fiscalização será facilitado. “Para nós não tomarmos uma medida que venha a restringir apenas o comércio, e um ou outro setor fique prejudicado, inclusive para nós termos um controle maior da fiscalização, o horário para que as atividades em toda a cidade se encerrem com certeza vai ajudar muito a gente a trabalhar”, explicou.
Cinthia Ribeiro disse que o retorno gradual de atividades não essenciais foi realizado de forma segura e que ainda não é possível afirmar se a curva da doença vai aumentar.
“Ainda não houve a quantificação da análise do comportamento desses segmentos. É preciso ficar muito claro a garantia que nós temos, o controle que nós fazemos e o acompanhamento que nós fazemos de todos os dados epidemiológicos que fazem com que nós possamos apresentar , com segurança todas as medidas que tomamos até aqui”, disse.
Além de informar que pode haver uma nova suspensão de atividades comerciais, a prefeita disse que o consumo de bebidas alcoólicas deve ser proibido em locais públicos e estabelecimentos comerciais. “Tivemos muitos problemas na porta de distribuidoras de bebidas, em lojas de conveniências, em alguns bares e restaurantes que voltaram a funcionar agora”.
No mês de maio a Prefeitura de Palmas decretou lei seca, mas a Justiça derrubou decreto e voltou a autorizar a comercialização em todos os estabelecimentos.
Prefeita de Palmas avalia os impactos da flexibilização do comércio na cidade
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *