Passageira e guia de ônibus são presos após PRF encontrar drogas em bagagem e até no lixo do banheiro na BR-153


A mulher confessou que estava levando as drogas a pedido do namorado até a cidade de Zé Chicão (MA). Ela disse que deu parte da maconha para o guia para que ele continuasse o transporte até Bacabal, também no Maranhão. Parte das drogas estava escondida no lixeiro do banheiro
Reprodução/PRF
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu duas pessoas suspeitas de tráfico de drogas em um ônibus no posto fiscal de Paraíso do Tocantins na BR-153. O caso foi na madrugada desta quarta-feira (24). Os detidos são uma passageira e um guia de turismo que trabalhava no ônibus. Durante as buscas, foram localizadas drogas até no lixeiro do banheiro do veículo.
A primeira parte da maconha, cerca de 800 gramas, estava na mala da passageira. Ao ser detida ela confessou que estava levando as drogas a pedido do namorado e que iria até o povoado de Zé Chicão (MA). Quando o restante dos entorpecentes foi encontrado ela explicou que tinha entregado o produto ao guia de turismo.
A ideia era que ele continuasse a viagem após a descida dela, até a cidade de Bacabal, também no Maranhão. O guia foi interrogado e confirmou as informações, dizendo que a jovem tinha prometido parte do pagamento pelo transporte das drogas para ele.
A passageira tem 24 anos de idade e o guia 34. Nenhum deles teve os nomes divulgados pela PRF. Os dois foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, em Paraíso. Ao todo foram apreendidos cerca de 4,4 quilos de drogas. A ação faz parte da operação Tamoio II, que reforçou a fiscalização nas rodovias federais que cortam o estado.
Parte do material estava na mala de uma passageira
Reprodução/PRF
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *