Mesmo com aulas suspensas, funcionários de escola em Palmas fazem pães e distribuem para famílias de alunos


Projeto ‘Partilhando o Pão’ usa materiais que já tinham sido comprados antes da pandemia do novo coronavírus. Pães são feitos com ingredientes que já tinham sido comprados
Reprodução/TV Anhanguera
Vários funcionários de uma escola municipal de Palmas continuam trabalhando mesmo durante a pandemia do novo coronavírus. É que um projeto garante que produtos que seriam utilizados para fazer merenda escolar sejam usados em alimentos que são distribuídas para as famílias dos alunos. Em menos de uma semana, 500 pães foram entregues. (Veja o vídeo)
As aulas municipais foram suspensas em março desde ano para evitar casos de coronavírus.
O projeto é realizado na Escola de Tempo Integral Duque de Caxias, que fica no setor Santa Fé II. No local há quase 1,2 mil alunos matriculados, mas a movimentação intensa deu lugar a corredores vazios. As crianças que estudam do 1º ao 9º ano do ensino fundamental não frequentam a unidade há três meses.
Mas nos últimos dias, o espaço de panificação da escola, que estava fechado, voltou a funcionar. A ação da Prefeitura de Palmas, ‘Partilhando o Pão’, mobilizou a equipe da merenda escolar para produzir pães que são doados para famílias de quem estuda na unidade.
Os pães são produzidos com materiais que já tinham sido comprados antes da pandemia. O aprendiz de padeiro Welington Costa de Aguiar é um dos envolvidos no projeto. Ele conta que está feliz em poder ajudar quem precisa de alimento. “A gente poder vir para a escola para ajudar as outras pessoas é gratificante. Eu me sinto bem”, disse.
A ação já beneficiou várias famílias. Cada uma recebe dois pães que servem até 12 pessoas. Jairo Ribeiro fez questão de levar pães para casa. “Eu gostei da iniciativa do colégio em dar esses pãezinhos para as crianças. Chegou em uma boa hora uma merenda pra uma criança”, comemorou.
Mesmo sem aulas, merendeiras fazem pães e distribuem para famílias de alunos
A secretária de educação de Palmas, Cleizenir dos Santos, diz que a ideia é ampliar o projeto para outras escolas e alcançar a maior parte possível dos 42 mil alunos da rede municipal.
Enquanto os alunos não voltam, os trabalhadores aproveitam para distribuir amor e esperança junto com o alimento. “A gente sente saudades deles [estudantes] e não é pouca. Sinceramente é muito emocionante. É muito gratificante atender eles”, disse Maria Pereira, coordenadora da merenda.
Famílias de alunos recebem pães e levam para casa
Reprodução/TV Anhanguera
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.