Em dia de manifestações na Esplanada, Bolsonaro vai ao Rio de Janeiro

O presidente Jair Bolsonaro frustrou apoiadores que o aguardavam na manhã deste domingo (21) na Esplanada dos Ministérios. Em uma manhã de manifestações pró-governo, Bolsonaro viajou ao Rio de Janeiro.

O chefe do Executivo deve participar do sepultamento do paraquedista militar Pedro Lucas Ferreira Chaves, da Brigada Militar de Infantaria. O militar morreu após  acidente durante um exercício aéreo em Realengo, Zona Oeste do Rio. Primeiro, Pedro ficou preso em uma aeronave; depois, quando se soltou, o paraquedas não abriu corretamente, e o paraquedista veio a cair no solo.

Bolsonaro embarcou na Base Aérea Militar antes das 8h. O Palácio do Planalto não se manifestou sobre a viagem. Portanto, não se sabe se o presidente prestigiará os apoiadores ao longo do dia.

Trânsito bloqueado

Para que as manifestações ocorram com segurança, o trânsito na Esplanada foi bloqueado. O local foi dividido para abrigar manifestantes pró e contra Bolsonaro: os apoiadores ficarão do lado direito; os antifascistas, à esquerda.

A interdição vale durante todo o domingo. O trânsito de veículos ficará vetado na Esplanada a partir da rodoviária. Os automóveis também não poderão acessar a via S2, entre o prédio do Anexo 4 da Câmara dos Deputados e a Procuradoria-Geral da República. O controle será feito pelo Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran), Polícia Militar e Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Leia matéria na íntegra no Site Portal de Brasília

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.