Câmara de Gurupi suspende funcionamento por 14 dias após servidor ser diagnosticado com coronavírus


Suspensão começa a valer neta sexta-feira (19). Atividades legislativas também foram suspensas pela presidência da casa. Câmara Municipal de Gurupi suspendeu os trabalhos por 14 dias
Josy Donato/Divulgação
O presidente da Câmara de Vereadores de Gurupi, Wendel Antônio Gomides, assinou um ato nesta quinta-feira (18) suspendendo o funcionamento da casa por 14 dias. O motivo é que, de acordo com a direção da Câmara, um servidor testou positivo para o novo coronavírus. A medida é preventiva para evitar o contágio de mais funcionários do Poder Legislativo.
O ato não especifica quem é o servidor e nem qual cargo ele ocupa. O presidência da Câmara informou que a pessoa está em isolamento domiciliar. A suspensão começa a valer nesta sexta-feira (19), quando normalmente não há sessão legislativa.
A próxima sessão ordinária estava prevista para a terça-feira (23), mas a medida do presidente da Câmara também suspendeu os trabalhos legislativos. O documento afirma que “as atividades a serem desenvolvidas pelos servidores e vereadores desta Casa, sempre que possível, serão desenvolvidas remotamente”. Não há especificação se a próxima sessão será virtual ou se ela vai ser adiada para após o fim do prazo.
Atualmente o município de Gurupi registra 155 casos do novo coronavírus e cinco mortes relacionadas a doença.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.