Acusado de estuprar conhecida após oferecer carona é preso em Paraíso do Tocantins


Crime foi no Maranhão em 2018. Homem tinha começado a trabalhar em um lava a jato e se casado após a fuga para o Tocantins. Suspeito foi preso em Paraíso do Tocantins
Reprodução/TV Anhanguera
A Polícia Civil localizou em Paraíso do Tocantins, na região central do estado, um homem de 32 anos que estava foragido após ser acusado de um estupro em Carolina (MA). O crime foi em 2018 e de acordo com as investigações ele era conhecido da vítima. Se aproveitando da relativa proximidade com a mulher, ele ofereceu uma carona quando a viu andando sozinha pela rua. Depois disso, a levou até um local pouco movimentado e cometeu o abuso.
Após o crime ele ainda teria feito ameaças a vítima para que ela retirasse a queixa, mas quando percebeu que podia ser preso fugiu para o Tocantins. O setor de inteligência da Polícia Civil de Paraíso tinha recebido a pista de que um fugitivo poderia estar escondido na cidade e após um cruzamento de informações com a polícia maranhense confirmou a identidade do suspeito.
Ele foi localizado pela 6ª Divisão Especializada de Combate ao Crime Organizado (6ª Deic). O delegado que cumpriu o mandado de prisão, Hismael Tranqueira, informou que após a fuga o suspeito se casou e começou a trabalhar em um lava a jato de Paraíso, levando uma vida aparentemente normal.
O suspeito passou pela Central de Flagrantes da Polícia Civil em Paraíso e depois foi levado para a Casa de Prisão Provisória da cidade onde vai aguardar a transferência para o Maranhão.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.