Em 70 dias de teletrabalho, Seduh teve oito projetos de regularização fundiária aprovados

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) chegou, nesta quarta-feira (17), a 70 dias de teletrabalho, em virtude da pandemia da covid-19. Neste período, de pouco mais de dois meses, a pasta teve oito projetos relacionados à regularização fundiária aprovados.

Destes projetos, cinco são voltados para Brazlândia, Taguatinga, Riacho Fundo e Sobradinho II. As ações beneficiam cerca de 3 mil pessoas, segundo a Seduh. Os outros três são referentes a parcelamentos no Guará, em Taguatinga e no Jardim Botânico.

54 campos de futebol

Além dos projetos, a Seduh emitiu 330 alvarás de construção, sendo 217 para casas pelo chamado novo rito simplificado. Este rito visa reduzir o tempo de análise para a emissão das autorizações.

Ao todo, foram mais de 380 mil m² (382.662,33 m²) de área liberada para a construção civil na capital federal. Este total equivale a 54 campos de futebol.

Mais feitos

A Secretaria também emitiu 84 cartas de habite-se e 36.987 pareceres e estudos técnicos; realizou 26 encontros por videoconferência; avançou no Poder Legislativo, alterando a Lei do Estudo de Impacto (EIV) de Vizinhança e a Lei do Polo Gerador de Viagens (PGV); decretou atividades econômicas na Macrozona Rural; dentre outras ações.

Leia matéria na íntegra no Site Portal de Brasília

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.