Testes de coronavírus doados pelo TJ deverão ser usados para testar profissionais da saúde e sistema carcerário


Testes estão disponíveis e secretarias deverão manifestar interesse. São 15 mil kits de exames comprados pelo poder judiciário. Prédio do Tribunal de Justiça na Praça dos Girassóis, em Palmas
Divulgação
O Tribunal de Justiça informou que os 15 testes de Covid-19 adquiridos pelo judiciário deverão ser usados para testar os profissionais da saúde do Tocantins, além dos agentes do sistema carcerário e presos. A orientação é do Comitê Executivo para Monitoramento das Ações da Saúde no Estado do Tocantins (Cemas-TO).
De acordo com a Justiça, deverão ser testados todos os profissionais de saúde do Tocantins, tanto estaduais quanto municipais, que estão na linha de frente no combate ao coronavírus. O TJ informou ter feito pareceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Palmas para processar até 360 testes por dia no laboratório do município.
Os exames também serão distribuídos à Secretaria Estadual de Saúde e às secretarias municipais de Saúde que manifestarem interesse em testar seus profissionais da saúde, mesmo que assintomáticos.
Estes testes que estão sendo disponibilizados pelo Judiciário foram comprados com recursos adquiridos com o cumprimento da pena de prestação pecuniária, transação penal e suspensão condicional do processo nas ações criminais.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *