Governo sanciona lei que permite empréstimos de R$ 300 milhões para obras rodoviárias


Dinheiro deve ser usado na construção da nova ponte de Porto Nacional e na duplicação da rodovia entre Palmas e Paraíso do Tocantins. Serão duas operações de R$ 150 milhões cada. Duplicação será na TO-080 entre Palmas e Paraíso do Tocantins
Reprodução/TV Anhanguera
O governador do Tocantins, Mauro Carlesse (DEM), informou que decidiu sancionar as leis aprovadas na semana passada pela Assembleia Legislativa que autorizam o governo a fazer empréstimos que somam R$ 300 milhões para obras rodoviárias. O texto deve ser publicado no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (15). Se tratam de duas operações de R$ 150 milhões cada.
Um dos empréstimos será feito com o Banco de Brasília e vai financiar a construção da nova ponte sobre o rio Tocantins em Porto Nacional. A estrutura atual, dos anos 1970, está repleta de problemas estruturais e não pode receber veículos de carga pesados, que precisam passar pela balsa ao lado. A ponte chegou a ficar completamente interditada por quatro meses pelo risco de colapso total no ano passado.
O segundo empréstimo será com o Banco do Brasil e deve servir para viabilizar a duplicação da TO-080, entre Palmas e Paraíso do Tocantins. A obra deve ser realizada antes da rodovia ser entregue para a administração da iniciativa privada. A estrada em questão liga a capital a BR-153, principal rodovia do Tocantins e também a Ferrovia Norte-Sul.
Projeto de nova ponte em Porto Nacional está na lista de obras
Reprodução/TV Anhanguera
A sanção já era esperada porque os dois projetos são de interesse do Poder Executivo e foram eviados à Assembleia pelo Palácio Araguaia em maio. Na semana passada o governador tinha agradecido pela agilidade dos deputados estaduais na aprovação e nesta segunda-feira voltou a afirmar que as obras são necessárias para desenvolver o estado.
A ponte de Porto Nacional inicialmente seria financiada com um empréstimo da Caixa Econômica, mas houve dificuldade na liberação do dinheiro. Um protocolo de intenções com a Caixa chegou a ser assinado na presença do presidente Jair Bolsonaro, mas depois disso a operação migrou para o Banco de Brasília. O governo afirma que o novo banco ofereceu uma alternativa mais ágil.
O estágio inicial da obra foi financiado com dinheiro do próprio Tesouro Estadual e há um canteiro de obras montado nas margens do rio.
Nesta segunda, o governo disse que a duplicação da TO-080 deve beneficiar também cidades como Porto Nacional e Miracema do Tocantins e destacou que a região concentra 23% da população e 32% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.