Homem é indiciado por tentativa de homicídio após confusão por causa de ar-condicionado


Crime aconteceu em bairro de Araguaína, norte do Tocantins, após vítima pegar ar-condicionado deixado na frente de casa. Suspeito vai responder por tentativa de homicídio. A Polícia Civil indiciou um homem de 27 anos por uma tentativa de homicídio que aconteceu no dia 28 de março no setor Raizal, em Araguaína, norte do Tocantins. Os investigadores descobriam que o crime aconteceu por causa de um mal-entendido envolvendo um aparelho de ar-condicionado que estava na frente da casa do suspeito.
A investigação sobre o caso foi feita pela 2ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (2ª DHPP). O inquérito foi concluído nesta quinta-feira (30). De acordo com o delegado Guilherme Torres, o crime aconteceu porque a vítima teria passado em frente a casa do suspeito e viu um aparelho de ar-condicionado na calçada.
Conforme a polícia, as investigações demonstraram que a vítima pegou o objeto porque pensou se tratar de um produto que havia sido descartado e estava no local para reciclagem.
Porém, o suspeito contou à polícia que tinha deixado o objeto na calçada porque estava mudando o aparelho de local. No dia do crime, após perceber que o ar-condicionado tinha desaparecido, o suspeito descobriu quem tinha levado o objeto e pegou uma pistola.
Ao encontrar com a vítima em uma esquina do setor, o homem de 27 anos desceu de um carro e fez vários disparos.
A vítima foi baleada no tórax e no braço, e só sobreviveu porque procurou abrigo em um comércio e foi socorrido a tempo. Ainda segundo a polícia, o inquérito foi encaminhado à Justiça e o atirador vai responder por tentativa de homicídio.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.