Esportistas se manifestam sobre desavença entre Moro e Bolsonaro

O dia de tensão em Brasília foi tema de algumas publicações e manifestações públicas de renomados esportistas do país. Houve espaço para diferentes tipos de interpretação à decisão de Sergio Moro deixar o Ministério da Justiça após confronto direto com presidente Jair Bolsonaro: mensagens de apoio ao ex-ministro, comentários questionando a decisão em meio à pandemia de coronavírus e também demonstrações irrestritas de defesa do chefe do Planalto.

Quem parece estar do lado de Bolsonaro para o que der e vier é o volante do Palmeiras Felipe Melo. O jogador publicou palavras de ordem usadas pelo presidente sobre imagens suas assistindo ao pronunciamento da tarde desta sexta-feira 24. “E na hora das dificuldades da vida que as alianças são fortalecidas e forjadas”, escreveu Felipe Melo.

O post de Felipe Melo no “stories” do InstagramReprodução/Instagram

O pentacampeão Rivaldo, avesso aos microfones da imprensa, usou sua conta no Instagram para opinar sobre a saída de Moro. O ex-camisa 10 do Barcelona e da seleção brasileira disse estar triste com a decisão e ainda classificou com um “grande erro” de Bolsonaro, “ainda mais agora que o Brasil está lidando com essa pandemia do inferno”, comentou.

Rivaldo disse na postagem que aguardava o pronunciamento do presidente, mas desde então não publicou qualquer comentário. A postagem foi curtida e comentada por outros ídolos do futebol nacional, entre eles os ex-atacantes Edmundo e Paulo Sérgio, tetracampeão no Mundial dos Estados Unidos.

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

O ginasta Diego Hypolito, medalhista de prata nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, publicou no início da tarde uma foto sua com Sergio Moro, dizendo que o ex-juiz e agora ex-ministro merecia o respeito e admiração de todos. “Suas realizações ficarão gravadas na história”, publicou Hypolito em sua conta no Instagram.

O lateral-direito do Fluminense Igor Julião, crítico contumaz do presidente Bolsonaro, usou o Twitter para manifestar sua indignação com a presente situação. Segundo o jogador, a saída de Moro encerra a lista de argumentos de quem defende o governo federal acabaram. “Qual será o novo motivo pra encobertar o ódio e a alienação?”, questionou Julião.

Leia esta e muitas outras notícias na Coluna de Esportes da Revista Veja
Autor: Da Redação

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *