Primeira Ferrari pilotada por Schumacher vai a leilão em Paris

O primeiro carro da Ferrari que Michael Schumacher pilotou foi colocado à venda. O modelo 412 T2 chassis 157 (com motor propulsor de 10 cilindros) está em exposição em Londres e será transferido a Paris para ser leiloado. Após conquistar dois títulos mundiais da Fórmula 1, o alemão trocou a Benetton pela escuderia italiana para a temporada 1996. Ainda em novembro de 1995, realizou testes na Itália e em Portugal para se ambientar ao carro.

Schumacher sentou pela primeira vez no cockpit em 16 de novembro de 1995. Os testes aconteceram no circuito de Fiorano, que pertence à Ferrari e é utilizado para o trabalho de desenvolvimento dos veículos. As dezessete voltas na pista foram vistas por mais de 2.000 fãs da escuderia, ansiosos em assistir ao então bicampeão mundial vestindo a cor vermelha.

Cinco dias mais tarde, o alemão voltou a guiar o carro, desta vez em Estoril, em Portugal. Em 28 voltas, registrou o tempo de 1min21s20 como melhor marca – impressionantes 0,7 segundos mais rápido do que a melhor volta da Ferrari na etapa da Fórmula 1 daquele ano, conquistada por Gerhard Berger.

O carro pertence a um amigo alemão de Jean Todt, que trabalhou com o piloto na Ferrari como diretor esportivo e é o atual presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA). O modelo 412 T2 chassis 157 fica disponível para leilão no Retromobile 2020, um evento de automóveis clássicos realizado em Paris até o próximo dia 9. A Girardo & Co, empresa italiana especializada em leilões, é a responsável pela venda.

Michael Schumacher pilota a Ferrari pela segunda vez na vida em teste realizado na pista de Estoril, em Portugal, em novembro de 1995Pascal Rondeau/Allsport/Getty Images

Leia esta e muitas outras notícias na Coluna de Esportes da Revista Veja
Autor: Alexandre Senechal

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *