Bombeiros encerram buscas e avó que tentou salvar neta continua desaparecida em rio


Avó e neta foram arrastadas pela correnteza no rio Palma, em Paranã. O corpo da criança de 3 anos foi encontrado no mesmo dia. Bombeiros fazem buscas por avó que desapareceu em rio após tentar salvar a neta
Divulgação/Corpo de Bombeiros
O Corpo de Bombeiros encerrou neste domingo (19) as buscas por Maria da Conceição Antônio de Araújo, de 60 anos. Ela segue desaparecida no rio Palma, em Paranã, sul do Tocantins. A avó desapareceu no rio Palma, em Paranã, ao tentar salvar a neta de 3 anos, Maria Eduarda Araújo Silva, que estava sendo arrastada pela correnteza da água. A criança morreu afogada e o corpo foi encontrado horas após o acidente.
A Polícia Militar também confirmou que as buscas foram encerradas depois de quatro dias sem sucesso. Os mergulhadores dos Bombeiros disseram a idosa no rio e que as águas na região são profundas e escuras.
Testemunhas disseram aos policiais que o acidente foi por volta de 12h de quarta-feira (15) durante um banho. Ao ver a neta sendo levada pela água a avó nadou na direção da criança, mas também sumiu. Uma terceira pessoa que acompanhava as vítimas também teria entrado no rio, mas logo voltou à superfície.
Os moradores começaram a procurar as vítimas e somente a pequena Maria Eduarda foi encontrada, já sem vida. O corpo dela passou pelo Instituto Médico Legal (IML) de Gurupi. O velório da criança aconteceu na sexta-feira (17).
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *