Vacinação de animais que vão participar de leilões, feiras ou vaquejadas pode ser antecipada


A segunda etapa da campanha contra a febre aftosa começa em novembro, mas produtores poderão adiantar a aplicação das doses a partir do dia 11 de outubro. Produtores rurais devem adquirir a vacina para imunizar o rebanho
Lenito Abreu/Ascom Adapec
Os pecuaristas do Tocantins vão poder adiantar a aplicação das doses da vacina contra a febre aftosa para bovinos e bubalinos que forem participar de leilões, feiras ou vaquejadas. A segunda etapa da campanha começa apenas no dia 1º de novembro, mas a aplicação poderá ser adiantada a partir do dia 11 de outubro para animais que estiverem sendo preparados para os eventos do mercado agropecuário.
Para ter acesso, o proprietário dos bichos deverá procurar um posto da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) e pegar uma autorização para aquisição da vacina nas lojas agropecuárias. O período de carência é de 15 dias para animais que receberam a primeira vacina e sete dias para animais com duas vacinações. Já para os que têm três ou mais vacinações comprovadas estão livres de cumprir a carência.
Em 2018, o Tocantins realizou 947 eventos pecuários com a participação de 723 mil bovinos, de acordo com a Adapec.
“Depois de vacinar os animais, é preciso comprovar o ato na Agência até 10 dias após a compra do produto, do contrário estará sujeito à multa e outras sanções”, alerta o diretor de defesa, inspeção e sanidade animal, Márcio Rezende.
A expectativa do governo é vacinar 4 milhões de bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade até o fim da campanha em 30 de novembro.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

Avatar

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *