Festa que marca início da colheita do Capim Dourado é realizada no Jalapão


Produto se tornou a principal atividade econômica em povoados da região de mateiros. Como a quantidade de capim é limitada, colheita é realizada apenas uma vez por ano Colheita do capim dourado só é realizada uma vez por ano, em setembro
Heitor Moreira/TV Anhanguera
Começou nesta quarta-feira (11) a Festa da Colheita do Capim Dourado no povoado Mumbuca, em Mateiros. O evento, que está na 11ª edição, marca o início da colheita do produto na região do Jalapão, no leste do Tocantins. O Capim Dourado se tornou um dos principais elementos da economia local e é responsável pela renda familiar de centenas de artesãs.
Como a quantidade de capim deste tipo é muito limitada, a colheita é realizada apenas uma vez por ano nos meses entre setembro e novembro. As peças fabricadas com o Capim Dourado, como joias, bolsas e objetos de decoração, são vendidas em todo o país e até em outros países.
Durante os festejos, que segue até o próximo domingo (15), serão realizadas rodas de conversa, exibições de filmes e uma feira com produtos da culinária local. Também é grande a expectativa para o I Encontro de Violeiros que utilizam a viola de buriti.
Esta parte da programação começa na próxima sexta-feira (13). e deve reunir cerca de 30 pesquisadores, foliões e artistas populares.
Comunidades quilombolas usam capim-dourado na produção de peças artesanais
Carlos Alberto Coutinho/TG
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

Avatar

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *