O farol de Biarritz e o simbolismo da política internacional

Nos dias que antecederam a chegada dos líderes à cúpula do G7, em Biarritz, o Governo da França mandou uma ordem apressada aos organizadores. O jantar de abertura do encontro, no sábado pela noite, precisava mudar. O lugar escolhido não era um restaurante de luxo. Mas o farol no pontal de Saint-Martin, no sofisticado balneário de Biarritz.

Seguir leyendo.

Leia matéria na íntegra no Portal El País – Brasil
Autor: Jamil Chade

Avatar

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *