A feroz batalha da Amazônia em uma ficção realista

As espetaculares imagens aéreas de enormes áreas da densa floresta tropical na Amazônia brasileira podem ser enganosas. Sob essa beleza se trava uma batalha feroz entre aqueles que querem que a preservação da biodiversidade prevaleça para deter a mudança climática e aqueles que veem nessas terras um maná de riqueza inimaginável esperando para ser explorado. É uma realidade cotidiana há décadas no Brasil, que nos últimos meses alcançou uma enorme relevância, dentro e fora de suas fronteiras, porque a cada vez mais evidente crise climática coincidiu com a chegada ao poder de Jair Bolsonaro, que considera secundária a proteção do meio ambiente e despreza as ONGs. O assunto que preenche os jornais e os noticiários é também a matéria-prima com a qual foi criada a série brasileira Aruanas (sentinelas na língua tupi), que conta a luta de três ativistas para salvar a Amazônia, as fundadoras de uma ONG ambiental, e sua estagiária. Tudo temperado com suas vicissitudes pessoais.

Seguir leyendo.

Leia matéria na íntegra no Portal El País – Brasil
Autor: Naiara Galarraga Gortázar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *