Fellipe Bastos é punido por três partidas depois de canto homofóbico

Contratado no início do ano, Fellipe Bastos ainda não estreou pelo clube (Foto: Carlos Gregório Jr./Vasco)

Em julgamento realizado nesta terça-feira, o TJD-RJ puniu o volante Fellipe Bastos, do Vasco, com três jogos de suspensão pelo canto homofóbico contra o Fluminense, após a conquista da Taça Guanabara. O jogador esteve presente no tribunal e se desculpou pelo ocorrido no Maracanã.

Fellipe Bastos fica de fora dos três próximos jogos do Vasco na Taça Rio, contra Boavista, Flamengo e Cabofriense. Os advogados cruzmaltinos afirmaram que vão recorrer da punição e entrar com pedido de efeito suspensivo.

O volante apareceu em um vídeo postado por um funcionário do Vasco após a conquista do título do primeiro turno do Campeonato Carioca ofendendo os tricolores com cânticos homofóbicos. Dias depois, Fellipe Bastos postou uma retratação nas redes sociais e revelou que estava sofrendo ameaças de tricolores.

O jogador ainda não entrou em campo com a camisa cruzmaltina após seu retorno ao clube, no início desta temporada.

O post Fellipe Bastos é punido por três partidas depois de canto homofóbico apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Leia esta e muitas outras notícias na Gazeta Esportiva
Autor: Guilherme Goya Loterio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *