Lyon e Barça ficam no zero na França e decisão vai para o Camp Nou

Nada de gols no Parc Olympique Lyonnais, nesta terça-feira, para o duelo entre Lyon e Barcelona. Em confronto válido pela partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, franceses e catalães não tiraram o zero do placar e, com isso, a decisão ficou mesmo para o embate seguinte.

As duas equipes se enfrentam no confronto de volta das oitavas no dia 13 de março, quarta-feira, em pleno Camp Nou, às 17h00 (horário de Brasília). O Barça não joga por nenhum empate no duelo, devido ao critério de gols fora de casa.

RELEMBRE, MINUTO A MINUTO, COMO FOI A PARTIDA!

Lyon não se intimida e também oferece perigo ao Barça no primeiro tempo

Logo aos dois minutos de partida, o Barcelona chegou com perigo pela primeira vez. Após Sergi Roberto fazer pressão na saída de bola, Messi arrancou em velocidade e só foi parado com falta por Aouar, que recebeu o cartão amarela. Na grande chance de falta, o camisa 10 blaugrana exagerou na força e colocou a bola por cima do gol defendido por Lopes.

No lance seguinte, o Lyon respondeu. O mesmo Aouar recebeu bola pela intermediária e, sem hesitar, bateu firme e rasteiro. Ter Stegen teve que pular para fazer grande defesa e impedir que o time da casa abrisse o marcador do confronto.

Etapa inicial foi equilibrada (Foto: JEFF PACHOUD / AFP)

Aos oito minutos de embate, os donos da casa mais uma vez chegaram com perigo, carimbando o ótimo e agitado começo de partida. Depois de receber assistência de peito, Terrier arriscou de longe e enfiou uma bomba. O arqueiro alemão do Barça fez a ponte e conseguiu o desvio –  a bola ainda bateu no travessão antes dos ânimos se acalmarem.

Apesar da boa chance, entretanto, a pressão catalã em busca do primeiro gol continuou. Aproveitando os espaços deixados pela defesa do Lyon, os comandados de Ernesto Valverde permaneceram no comando do ataque e controlaram as ações ofensivas de toda a partida.

No entanto, ao longo da etapa inicial, os franceses equilibraram as ações e deixaram de sofrer tanto, deixando o embate parelho. Ao apito parcial de Cuneyt Çakir, o zero permaneceu no placar.

Catalães apertam, mas não chegam ao gol

A primeira boa oportunidade dos últimos 45 minutos de jogo saiu dos pés de Memphis Depay. O camisa 11 do Lyon recebeu bola na entrada da área e bateu com categoria, tentando deslocar Ter Stegen, mas colocou muita curva e a finalização foi para fora.

Aos 17, foi a vez do Barcelona assustar. Suárez fez a corrida para dentro da área e recebeu a bola na medida. O camisa 9 blaugrana se enrolou com a bola, perdeu o tempo da batida e não conseguiu dar o passe para Messi, livre dentro da grande área, sendo interceptado na finalização por Dubois.

Dia não foi bom tecnicamente para os comandados de Ernesto Valverde (Foto: JEFF PACHOUD / AFP)

Dois minutos depois, após tabelinha com o francês Dembele, Messi arrancou pela direita e chutou cruzado, firme, mas Anthony Lopes espalmou e impediu o tento catalão.

O cenário do segundo tempo foi similar ao do período anterior. O Barcelona passou a pressionar os donos da casa em busca do gol – a equipe blaugrana contou com boas finalizações de Luis Suárez, mas não conseguiu balançar o fundo das redes.

Com cinco minutos para o apito final, o Barça teve outra grande oportunidade. Messi fez a jogada individual dentro da área e encontrou Busquets na meia-lua. O volante encheu o pé e obrigou Anthony Lopes a pular, no reflexo, para fazer grande defesa. No lance seguinte, o argentino serviu assistência para Suárez, mas o uruguaio não conseguiu cabecear à queima-roupa e a bola foi para fora.

FICHA TÉCNICA
LYON 0 x 0 BARCELONA

Local: Parc Olympique Lyonnais, em Lyon, na França
Data: 19 de fevereiro de 2019, terça-feira
Horário: 17h00 (horário de Brasília)
Árbitro: Cuneyt Çakir, da Turquia
Assistentes: Bahattin Duran e Tarik Ongun, ambos da Turquia
Árbitro de vídeo: Danny Makkelie e Kamphuis Jochem, ambos da Holanda

Cartões amarelos: Aouar e Dubois (Lyon); Sergi Roberto e Semedo (Barcelona)
Gols: 

LYON: Anthony Lopes; Dubois, Marcelo, Denayer e Mendy; Ndombele (Cheikh), Aouar, Traoré (Tousart), Terrier (Cornet) e Depay; Dembélé
Técnico: Bruno Genésio

BARCELONA: Ter Stegen; Semedo, Piqué, Lenglet e Jordi Alba; Sergi Roberto (Vidal), Busquets e Rakitic; Messi, Dembele (Philippe Coutinho) e Suárez
Técnico: Ernesto Valverde

O post Lyon e Barça ficam no zero na França e decisão vai para o Camp Nou apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Leia esta e muitas outras notícias na Gazeta Esportiva
Autor: Felipe Leite Monteiro Borges

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.