Pesquisadores de Palmas criam shampoo feito com folhas do pequi

Extrato das folhas do pequi tem alto podem de limpeza. Estimativa é de que o produto vai neutralizar até 92% dos danos relacionados a oxidação nos cabelos. Pesquisadores de Palmas criam shampoo feito com folhas de pequi
O pequi é um dos frutos mais típicos do cerrado brasileiro e no Tocantins está disponível em abundância. Agora, pesquisadores de Palmas estão criando cosméticos a partir do extrato das folhas das árvores onde o fruto nasce. Um deles é um shampoo que promete, além da limpeza, a neutralização de danos.
“Ele consegue neutralizar 92% dos danos relacionados à oxidação. De fatores externos, como a radiação ultravioleta, poluição”, diz a estudante de farmácia Michele Fernandes.
A substância usada é chamada de saponina e é encontrada em maior concentração nas folhas do que na polpa do pequi. O uso da folha garante que o cheiro característico do fruto não vai aparecer no resultado final do shampoo.
Para a bióloga Conceição Previero, no Tocantins a relação das famílias com o pequi é quase afetiva. “Nós fazemos a coleta do pequi para ter em um período que não é o da safra. Tudo isso tem algo intrínseco na questão de uma herança familiar que está vinculado também as práticas culturais”, diz ela.
A pesquisa começou no início de 2018. “O shampoo é um cosmético que a gente tem contato diariamente. Ele acaba ocasionando dano. Então se você consegue minimizar esses danos com o uso de plantas, você consegue agregar valor para quem produz a planta e você também consegue um produto de qualidade”, completa Michele.
Shampoo é feito a partir de folhas do pequi
Reprodução/TV Anhanguera
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.