Homem é condenado por matar colega com 14 facadas após discussão

Crime aconteceu em outubro do ano passado após uma discussão entre dois homens que estavam bebendo juntos. Réu foi condenado por homicídio qualificado por motivo fútil. O réu Antônio Carlos dos Santos Menezes foi condenado a 12 anos de prisão pelo assassinato de João Feitosa das Chagas. A sentença foi expedida pela 1ª Vara Criminal de Colinas do Tocantins após julgamento em júri popular. O condenado ainda pode recorrer da decisão.
O crime ocorreu em outubro de 2017. Conforme o Tribunal de Justiça, o suspeito e a vítima tiveram um desentendimento após passarem a noite ingerindo bebida alcóolica juntos.
Durante a discussão, Menezes deu aproximadamente 14 golpes de facas em Chagas e depois fugiu do local. Após ser preso pela polícia, o suspeito confessou o crime e indicou o local onde escondeu as roupas que usava durante o crime.
O réu foi condenado por homicídio qualificado com motivo fútil. Ao calcular a pena, o juiz Marcelo Eliseu Rostirolla analisou que o condenado agiu de forma consciente e agressiva e golpeou a vítima, enquanto tentava fugir.
A pena deve começar a ser cumprida em regime fechado.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *