Lojas de roupas devem concentrar quase 30% das vagas temporárias de fim de ano

Pesquisa foi realizada pela CDL em empresas das áreas de comércio e serviços na capital. Mais de 60% dos entrevistados disse que pretende abrir vagas temporárias. Lojas de roupas vão concentrar maioria das vagas temporárias no fim de ano
Reprodução/TV Anhanguera
Uma pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Palmas revelou que as lojas de roupas da capital vão concentrar quase 30% das vagas temporárias que devem ser abertas no fim de ano. O levantamento foi realizado com empresários dos segmentos de comércio e serviços e o resultado é de que 61% deles pretende chamar pelo menos uma pessoa a mais para reforçar as equipes.
A maior parte destas contratações será em novembro (61,9%), seguido por outubro (33,3%) e por dezembro (4,8%). Para 47,6% das empresas, existe possibilidade de efetivação nos cargos.
Os salários estarão divididos da seguinte forma: 47,6% das vagas serão com remuneração de um salário mínimo; 45,2% até 2 salários mínimos e 7,1% mais de 2 salários mínimos. Só 4,4% das empresas deve precisar de mais de 6 temporários no fim de ano.
“É preciso saber lidar bem com as pessoas, ter comprometimento e se dedicar ao trabalho que vai desenvolver, pois é isso que o comércio está procurando”, aconselha o presidente da CDL Palmas, Silvan Portilho, para quem quiser continuar no trabalho depois do período de festas.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.