Ministros do TCU estranham pedido do MPF contra Paulo Guedes

Ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) estranharam o procedimento adotado pelo Ministério Público Federal para pedir o bloqueio de fundos ligados a Paulo Guedes.

Isso porque o pedido não passou pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, como seria de praxe.

O pedido também não passou pela Procuradoria-Geral do órgão.

Esse andamento pouco ortodoxo reforçou na Corte a tese de movimentação política contra Jair Bolsonaro.

Na última quarta (10), o MPF colocou Guedes sob suspeita de estar associado a executivos em esquema de fraudes em fundos de pensão estatais.

Os procuradores investigam se Guedes teria cometido crime de gestão fraudulenta ou temerária.

Ele é suspeito de emitir títulos sem lastro ou garantias.

Leia matéria na íntegra no Blog Radar da Revista Veja
Autor: Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *