Justiça manda libertar o tucano Marconi Perillo

Durou menos de 24 horas a prisão do ex-governador tucano de Goiás, Marconi Perillo. O Tribunal Regional Federal da 1ª Região, sediado em Brasília, concedeu nesta quinta-feira liminar em pedido de habeas corpus protocolado pela defesa de Perillo. A decisão prevê a liberação “imediata” do tucano, preso na véspra.

“Como adiantamos desde o primeiro momento, a prisão era ilegal, arbitrária e infundada e de certa maneira afrontava outras decisões de liberdade que já foram concedidas nesta mesma operação”, disse Antonio Carlos de Almeida Castro, o advogado de Perillo.

Candidato ao Senado, Perillo foi derrotado no último domingo. É acusado de receber R$ 12 milhões em propinas da Odebrecht. “A defesa não tem nenhuma preocupação com os fatos investigados e temos absoluta convicção na inocência plena do Marconi”, disse o advogado. “O que pedimos, desde o início, é o respeito às garantias constitucionais.”

Leia o post na íntegrano blog do Josias de Souza
Autor: Josias de Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *