Articulador de Alckmin rejeita apoio a Doria: ‘petulância’

Um dos principais interlocutores de Geraldo Alckmin, o deputado estadual e presidente do PTB São Paulo Campos Machado rejeitou o apoio a João Doria.

Machado distribuiu um comunicado em que pede para que os petebistas votem em Jair Bolsonaro e Márcio França (PSB).

“O Doria prometeu 43 vezes que seria prefeito de São Paulo até 2020, tentou usurpar de Geraldo Alckmin a candidatura para presidente, fez piada com a saúde do Márcio França. Agora, tem a petulância de querer ser governador”, disse.

 

Leia matéria na íntegra no Blog Radar da Revista Veja
Autor: Ernesto Neves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *