Acir Gurgacz: senador, condenado e prestes a entrar para a história

Acir Gurgacz se entregou à Polícia Federal nesta quarta (10), no Paraná, para começar a cumprir a pena de 4 anos e meio de prisão em regime semi-aberto determinada pelo Supremo. Ele foi condenado por crime contra o sistema financeiro nacional.

Até agora, nenhum parlamentar ou partido entrou com pedido de cassação do mandato da excelência.

Isso significa que Gurgacz pode pleitear à Justiça – e tem tudo para conseguir – autorização para dar expediente no Senado, monitorado por tornozeleira eletrônica, e voltar à noite para dormir na cadeia, como fazia o ex-parlamentar-detento Celso Jacob.

Ou seja, Gurgacz deverá ser o primeiro senador-presidiário do país e, com isso, alcançará o que maioria esmagadora dos políticos brasileiros jamais conseguem: entrar para a história do Brasil.

Leia matéria na íntegra no Blog Radar da Revista Veja
Autor: Gabriel Mascarenhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *