Reeleito governador do TO, Carlesse diz que vai reduzir despesas e priorizar a saúde

Mauro Carlesse (PHS) foi reeleito com 57,39% dos votos válidos, no primeiro turno das eleições 2018. ‘Este estado daqui para a frente vai ser um novo estado’, prometeu. Em entrevista, Carlesse disse que prioridade será saúde e que vai reduzir despesas
Reeleito governador do Tocantins com 57,39% dos votos, Mauro Carlesse (PHS) disse que vai reduzir despesas e priorizar a saúde nos próximos quatro anos. A promessa foi feita durante entrevista neste domingo (7), após o anúncio da vitória, celebrada em Gurupi, sul do Tocantins.
“Só aumenta a nossa responsabilidade, mas acima de tudo, nós estamos trabalhando e o povo está entendendo que o trabalho que estavamos fazendo, é um trabalho voltado para a comunidade. Então esse governo vai ser sempre feito procurando trabalhar para a nossa comunidade fazendo com que o estado do Tocantins cresça, cada vez mais com segurança, com educação, infraestrutura e com equilíbrio para manter a máquina trabalhando. E reduzir despesas. Essa liberação de trabalho vai fazer com que a gente consiga reduzir despesas e fazer com que melhore a saúde cada vez mais”, disse.
O político de 58 anos era presidente da Assembleia Legislativa do estado até março e assumiu o governo do estado interinamente após o Tribunal Superior Eleitoral cassar os mandatos de Marcelo Miranda (MDB) e Cláudia Lelis (PV) dos cargos de governador e vice. Em junho, ele foi eleito governador, durante a eleição suplementar, para um mandato tampão que termina em dezembro desse ano.
“O mandato tampão foi muito curto, a gente fez o que pôde. Para o mandato de quatro anos, vamos fazer um mandato programado, estudado, bem feito para que a gente consiga fazer um Tocantins melhor para toda a nossa população, toda a nossa comunidade”.
Mauro Carlesse (PHS) disse que vai priorizar a saúde
Débora Ciany/TV Anhanguera
Carlesse afirmou que vai focar nas melhorias do sistema de saúde, um dos maiores gargalos do estado.
“A prioridade sempre vai ser saúde. Nós vamos investir muito na saúde. É lógico que nós não podemos esquecer da infraestrutura, da educação. Mas o maior objetivo nosso é fazer com que a população se sinta melhor principalmente na saúde. Fazer com que o Estado cresça, mas cresça com o pé no chão. Não fazendo obras que não têm o interesse da população. Nós vamos trabalhar num sentido só: ajudando a comunidade de todas as formas. Este Estado daqui pra frente vai ser um novo estado, com fé em Deus.”
O governador venceu em 133 das 139 cidades do estado do Tocantins no 1º turno das eleições de 2018. O ex-prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), que ficou em segundo lugar, ganhou em apenas seis municípios.
Perfil
Carlesse nasceu em Terra Boa (PR) e no Tocantins atuou como empresário e agropecuarista. Ele iniciou na política ao se filiar no Partido Verde (PV) em 2011. Foi candidato a prefeito em Gurupi nas eleições de 2012. No ano seguinte, filiou-se ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e venceu as eleições de 2014 para deputado estadual.
Foi eleito em julho de 2016 e assumiu o cargo de presidente da Assembleia Legislativa para o biênio 2017/2019.
Em 2015, Carlesse se envolveu em uma polêmica ao ser preso no departamento de assessoria militar da Assembleia Legislativa, em Palmas. A prisão foi decretada por causa de um processo de execução de pagamento de pensão alimentícia contra o parlamentar, que corre na comarca de Barueri (SP). Na época, o advogado do parlamentar, Sandro Henrique Armando, disse que houve uma divergência nos valores defendidos pelas partes.
Initial plugin text

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.