Professora que ficou 24 horas como refém de fugitivos recebe alta de hospital

Presos saíram pela porta da frente de presídio levando reféns como escudo. Dos 28 fugitivos que escaparam do Barra da Grota, três foram recapturados e pelo menos nove morreram. Professora se emociona ao reencontrar parentes e amigos
Reprodução/TV Anhanguera
A professora Elisângela Mendes teve alta por volta do meio-dia desta quinta-feira (4). Ela estava internada no Hospital Regional de Araguaína, norte do Tocantins, desde que foi libertada pelos presos que fugiram do presídio Barra da Grota na última terça-feira (2). A mulher ficou mais de 24 horas como refém dos criminosos.
Ao todo, 28 presos fugiram pela porta da frente da unidade após fazer seis reféns. Eles abandonaram quatro e seguiram para uma área de mata com os outros dois, a professora e o agente Roberto Aires. Até as 13h desta quinta-feira (4), três presos foram recapturados e pelo menos nove morreram em confronto com a polícia.
Após sair do hospital, a professora foi para a casa de parentes. Uma tia da mulher contou que a sobrinha ficou todo o tempo sob a mira de um revólver. “Ela falou que ficou o tempo todo com arma apontada para ela e uma faca”, contou Osmarry Sobrinho.
O agente Roberto Aires, que estava como chefe de plantão no presídio durante a rebelião, continua internado no Regional de Araguaína. Ele deve receber alta ainda nesta quinta-feira.
Reféns foram localizados sem ferimentos
Divulgação/Esquadrão Antibombas
Reféns
A professora Elisângela Mendes e o agente Roberto Aires foram liberados perto de uma chácara localizada a 1,5 km do presídio Barra da Grota com uma condição, deveriam socorrer um dos foragidos. Maurício Pereira da Silva, de 33 anos, foi baleado no braço durante confronto com a polícia.
O drama dos reféns começou às 14h40 de terça-feira (2). Os presos renderam a professora durante uma aula dentro do presídio e iniciaram uma rebelião. Depois disso, eles saíram pela porta da frente da unidade, por volta das 16h.
Vídeos que circulam nas redes sociais mostram os presos andando em bando pelas ruas da cidade e usando a mulher como escudo humano.
Recapturados
Do total de presos, pelo nove foram mortos em confronto com a polícia. Até às 13h desta quinta-feira (4), três homens foram recapturados. Um deles é Marcos Phablo Soares de Carvalho, preso por tráfico de drogas, que foi encontrado numa área de mata.
O segundo é Lázaro Carneiro Gonçalves, que estava na casa da mãe no setor Vira Ribeiro e pulou muros para fugir, mas acabou sendo preso. Além deles, Maurício Pereira da Silva, de 33 anos, se entregou na noite desta quarta-feira, junto com os reféns, após ser baleado.
A política agora trabalha para encontrar os presos que ainda estão foragidos.
Presos fogem e andam pelas ruas de Araguaína
Reprodução
Entenda
A rebelião teve início às 14h40 e seguiu até às 16h, nesta terça-feira (2), quando o grupo saiu do presídio. Seis pessoas foram feitas reféns, mas quatro ficaram feridos e foram deixados pelos criminosos.
Entre os feridos estão os agentes penitenciário Mark Alves Garcia de Sousa, de 31 anos, e Magnun Alves Garcia de Sousa, de 28 anos; além de um funcionário de uma empresa terceirizada, Adssandro Alves Pereira. Eles foram internados e não correm risco de morrer.
Homens da Polícia Militar, Polícia Civil e do sistema penitenciário ainda estão procurando pelos fugitivos em uma área de mata. Cães farejadores também são utilizados. O helicóptero da Segurança Pública também ajuda nas buscas com homens armados.
O governo do estado informou que o governador Mauro Carlesse (PHS) enviou secretários e o chefe da Polícia Militar para Araguaína, onde vão acompanhar as buscas. A ordem é de resgatar os reféns e negociar um fim pacífico para a fuga.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.