Professora e agente feitos reféns se emocionam ao reencontrar famílias

Elisângela Mendes Sobrinho, de 43 anos, e o chefe de plantão do presídio, Roberto Aires, ficaram mais de 24 horas em poder dos fugitivos. Eles estão em hospital de Araguaína. Agente reencontra familiar após ser feito refém
Mayky Araújo/TV Anhanguera
A professora Elisângela Mendes Sobrinho e o chefe de plantão do presídio Barra da Grota, Roberto Aires, se emocionaram durante o reencontro com familiares na entrada do Hospital Regional de Araguaína. Os dois ficaram mais de 24 horas em poder de criminosos após serem tomados como reféns durante uma rebelião.
Professora se emocionou na chegada ao hospital após ficar mais de 24 horas refém
Mayky Araújo/TV Anhanguera
Os dois estão sem ferimentos aparentes, mas serão examinados por precaução. Eles foram deixados em um povoado na zona rural da cidade junto com um dos foragidos que estava ferido. Ele ainda não foi identificado.
Durante a fuga, 10 presos morreram em confronto com a polícia, outros 17 seguem foragidos. Equipes das forças de segurança estão na mata próxima ao local da libertação fazendo buscas. A família da professora publicou nas redes sociais que falou com ela por telefone e que ela está bem.
As primeiras informações são de que os dois tinham sido deixados amarrados na mata ontem, mas que um dos fugitivos voltou ao local e dessamarrou os dois no começo da noite desta quarta.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.