Creche precisa comprar água mineral após cidade ter problemas de abastecimento

Moradores de São Valério da Natividade dizem que fornecimento está instável há cerca de 60 dias. Medida foi para que aulas não precisassem ser suspensas na unidade. Moradores sofrem a mais de 60 dias com problemas no fornecimento de água em São Valério
Os moradores de São Valério da Natividade, na região sul do Tocantins, sofrem há cerca de 60 dias com problemas no fornecimento de água. Eles contam que o abastecimento vai e volta e não é possível saber quando vai sair algo das torneiras. A creche da cidade está precisando comprar água mineral para não ser obrigada a suspender as aulas.
“Todos os dias a gente pega água mineral na Câmara Municipal que tem um poço artesiano. Para beber a gente compra os garrafões de água mineral e põe no bebedouro para as crianças”, diz a coordenadora, Zélia Câmara Venturini.
Para quem mora na cidade há muito tempo, problemas com a água não são novidade nenhuma.
Creche precisa comprar água mineral em São Valério da Natividade
Reprodução/TV Anhanguera
“Se não tivesse aqui perto um vizinho que tem um poço eu não sei o que era feito de mim”, diz a aposentada Alvina Pereira Oliveira, emocionada. “Nós pagamos todos os meses e não temos água. Já tem uns quatro meses que não vem”, reclama Elisa Ferreira Sertão.
A Agência Tocantinense de Saneamento, responsável pelo abastecimento de São Valério, disse que um raio queimou uma bomba do principal poço artesiano da região. Segundo a ATS, uma equipe já foi a cidade resolver a situação.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.