Tcheco lamenta derrota e fala em lutar para fugir da parte de baixo da tabela

Treinador já foca em luta contra proximidade da ZR (Divulgação/CFC)

O Coritiba voltou a decepcionar o torcedor na Série B do Campeonato Brasileiro após perder para o Londrina por 1 a 0, em pleno Couto Pereira, depois de 24 anos de jejum por parte do Tubarão. O sonho do acesso ficou ainda mais distante, exigindo uma campanha que o time não fez em nenhum momento durante a competição. O técnico Tcheco acredita que a equipe até começou bem a partida, mas não conseguiu concretizar suas jogadas em gol.

“Fizemos um bom primeiro tempo. Tivemos algumas oportunidades. Elas não se concluíram em finalização com capricho. A gente tentando as jogadas pelo lado esquerdo. Mas, acredito que a gente chegou a fazer até um bom primeiro tempo dentro de casa em relação ao que estávamos fazendo”, disse o treinador, que vê um time nervoso, sem conseguir acertar a jogadas. “Faltou o capricho do último toque, do último chute. E o gol do Londrina reflete o que é o Coritiba hoje. Jogadores ansiosos, nervosos, não conseguindo corresponder em cima da pressão”, completou.

O comandante coxa-branca acredita que o grupo não está mais conseguindo lidar com a pressão dos maus resultados e isso está se tornando uma bola de neve que minou a confiança dos atletas. “Eles tentam fazer as jogadas, fazer o que é possível. Mas os jogadores acabam se submetendo a uma pressão psicológica entre eles mesmos. As jogadas não saem e acabamos pagando um preço muito caro”, lamentou.

Pedindo desculpas ao torcedor, Tcheco não joga a toalha, mas admite que a luta no momento é contra a parte de baixo da tabela. “O que é simples para o outro time, é difícil para nós. É um momento psicológico que estamos passando. Eu quero pedir desculpa ao torcedor, por pedir o apoio deles para que tivéssemos uma reação. Mas os resultados não estão vindo. Não vejo falta de vontade dos jogadores. Deixar de lutar, não deixaremos de lutar. Mas, temos que ter os pés no chão e nos próximos três jogos temos que somar pelo menos seis pontos, para ter conforto em relação à parte de baixo. Agora, mais do que nunca, é jogo a jogo”, concluiu.

O post Tcheco lamenta derrota e fala em lutar para fugir da parte de baixo da tabela apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Essa notícia saiu primeiro no site Gazeta Esportiva
Autor: Luiz Felipe Fagundes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *