Suspeitos de matar Patrícia Aline chegam em delegacia para prestar depoimento


Iury Italu Mendanha e Silas Barreira Borges chegaram em Palmas durante a madrugada e foram levados para a CPP. Em vídeo, ex-namorado da vítima confessa ter cometido o crime. Iury Mendanha chegou para depor em Palmas
Gabriela Lago / G1
Iury Italu Mendanha e Silas Barreira Borges foram levados na tarde desta quinta-feira (16) para depor na Delegacia de Homicídios. Eles chegaram na capital durante a madrugada e foram levados para a Casa de Prisão Provisória de Palmas. Os dois são suspeitos de envolvimento na morte de Patrícia Aline dos Santos, de 29 anos.
Eles foram presos em Campos Lindos, no norte do estado, na última terça-feira (14). Em um vídeo feito pela polícia, Mendanha aparece confessando ter matado a ex-namorada. Ele diz que cometeu o crime após uma traição e ainda detalhou como agiu.
Patrícia Aline foi encontrada morta em um matagal na última quinta-feira (9), perto de um shopping, na quadra 107 Norte, em Palmas. Dias antes do crime, ela pediu ajuda para uma amiga pelo WhatsApp, afirmando que o namorado queria matá-la. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Palmas.
Patrícia morava em Palmas há cerca de um ano e trabalhava como consultora de beleza. O corpo da jovem foi enterrado em Serrana (SP) no último sábado (11).
Patrícia Aline dos Santos foi encontrada morta em matagal na zona norte de Palmas (TO)
Arquivo Pessoal
O caso
Patrícia foi encontrada com marcas de tiros. Na casa do namorado, a polícia encontrou armas.
“Na nossa linha de investigação, o principal suspeito do crime é o atual namorado da Patrícia, o Iury. Várias testemunhas apontam que era um relacionamento conturbado. E que eles tinham terminado e voltado, então ele descobriu que ela tinha ficado com alguém, não gostou e passou a ameaçá-la, inclusive com um revólver. Há vários pedidos dela de socorro, reclamando da agressividade do Iury”, disse o delegado Israel Andrade, responsável pelas investigações.
Dias antes do crime, a jovem também havia pedido ajuda à amiga e afirmou que estava com medo que o namorado a matasse.
Suspeitos de matar Patrícia Aline são presos
Polícia Civil
Câmera de segurança
Iury e Silas aparecem em um vídeo horas antes de a jovem ser encontrada morta. Nas imagens, gravadas pela câmera de segurança de uma padaria, é possível ver que Iury chega à casa de Patrícia acompanhado pelo amigo.
No vídeo, Iury chega dirigindo e desembarca sozinho do carro. Ele chama Patrícia na porta e os dois conversam por alguns minutos até que o homem, que seria Silas, também desce do veículo. Os três ficam no local por mais alguns minutos e voltam para o carro juntos, desta vez com Iury no banco do passageiro e Patrícia no banco de trás.
A jovem parecia tranquila e chegou a abraçar o suspeito durante a conversa. Amigos de Patrícia disseram à polícia que ela usou a mesma roupa durante todo o dia, o que pode indicar que ela não esperava a visita e não estava preparada para sair de casa. O vestido é o mesmo com o qual ela foi encontrada morta.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Essa notícia saiu primeiro no Portal G1 Tocantins
Clique no link acima para saber mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *