Meirelles recebe correligionários e ouve queixas sobre intervenção em fundo de pensão

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, recebeu em seu gabinete na quarta-feira (18) deputados federais de seu partido, o PSD. Os parlamentares se queixaram sobre o processo de intervenção da Previc – órgão que fiscaliza fundos de pensão e está vinculado ao ministério – no Postalis, fundo ligado a servidores dos Correios. O Postalis é controlado politicamente pelo PSD. 

Além de dizer que estudará o assunto, Meirelles afirmou aos deputados ter estranhado o plano de trabalho previsto na intervenção, que terá a gestão dos últimos 12 meses investigada. Ele comparou às intervenções feitas em bancos, oportunidades em que os últimos cinco anos de gestão são devassados.

Se a regra aplicada aos bancos, suscitada por Meirelles, fosse utilizada no caso do Postalis, dirigentes do fundo indicados pelo PMDB, partido do presidente Michel Temer, estariam na rota. 

A insatisfação do PSD com a intervenção no fundo de pensão também já chegou a Temer. 

 

 

>> Dirigentes do Postalis recorrem contra intervenção no fundo de pensão

>> Mais notas na coluna EXPRESSO

O ministro da Fazenda Henrique Meirelles (Foto:  Aílton de Freitas / Agência O Globo)

 

Powered by WPeMatico

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: