MPF acusa apontado de entregar propina de mentir em depoimento

Em oitiva de acusação realizada nesta manhã em Curitiba, o MPF acusou de mentira o taxista Marcelo Marques Casimiro, apontado como encarregado de entregar propina da Odebrecht ao ex-presidente da Petrobras Aldemir Bendine.

Ao passar a palavra ao juiz Sergio Moro, o procurado disse haver “evidências claras” que ele não falava a verdade. Tudo isso porque o taxista mudou alguns termos de um depoimento anterior prestado a Polícia Federal.

Em depoimento aos investigadores naquela ocasião, ele confirmou ter recebido, a pedido de Antônio Carlos, apontado como operador de Bendine, “pacotes fechados de plástico”. Hoje, ele negou ser próximo do empresário.

 

Arquivado em:Brasil

Powered by WPeMatico

Compartilhe nas redes sociais:
Follow by Email
Facebook
Google+
http://reporter1.com.br/2017/10/10/mpf-acusa-apontado-de-entregar-propina-de-mentir-em-depoimento/
Twitter

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *